(31) 9 8933-2498

Atletas de trail run se perdem durante competição em Ouro Preto


Organização afirma que competição era aguardada desde 2019 e foi surpreendida por outro evento esportivo no mesmo dia, gerando confusão com as placas no trajeto

25/04/2022 às 20h17

Uma confusão entre duas competições esportivas em Lavras Novas, distrito de Ouro Preto, na Região Central de Minas Gerais, deixou vários competidores de trail run – corrida feita em trilhas de terra –perdidos nesse domingo (24/4).

Segundo Márcio Luiz, organizador do evento que era aguardado desde 2019, parte dos 250 atletas da competição Trail Race Lavras Novas 2022 confundiram a mistura de placas indicativas localizadas em um trecho da prova com a placa de um evento de motocross, marcado no mesmo dia .

De acordo com o relato de um competidor que não quer se identificar, muitos atletas foram parar no distrito vizinho de Santo Antônio do Salto. Ao perceber que também se perdeu no meio da trilha, o competidor decidiu se juntar a um grupo de 13 pessoas que estavm passando pela mesma situação.  Uns já se encontravam  com cãibras, cólicas e e vomitando.

"Ontem foi um dia chato e tenso no trail de Lavras, uma corrida de duas a três horas se tornou um caos, com corredores chegando até as 4h da tarde, perdidos em vários locais. Passava das 14h quando consegui chegar ao centrinho do distrito de Lavras Novas e dali acompanhei cada chegada, que era um misto de misto de choro, alívio e tensão".

O competidor relata que o local onde as pessoas se perderam era de difícil acesso e que não chegaram equipes de resgate, o que fez muitos deles andar por horas em busca de um local para o resgate.

O atleta reconhece que todos os esportes têm uma escala de riscos e não seria diferente com os esportes de natureza, em que os atletas mitigam os possíveis problemas ao procurarem organizadoras de eventos para garantir segurança e apoio durante a prova.

Uma das seguranças que faltou, segundo o atleta, foi a não presença de equipe de apoio durante os trechos de bifurcação, uma vez que a sinalização estava confusa.

"A beleza do esporte está no contato com a natureza, dias ruins acontecem e não desejo desmotivar ninguém à prática esportiva, que oferece muitos ganhos à saúde física e mental, e espero que a organização tenha aprendido com o susto".

Outro competidor que passou pelo mesmo perrengue afirma que é acostumado a correr longas distâncias. Milton Muniz completou 60 anos no dia 18 de abril e um de seus presentes foi participar da competição, porém, o atleta de Itabirito, acostumado a fazer trilhas pela Região dos Inconfidentes, conta que chegou a temer pelo pior ao ficar perdido. Muniz conta que a previsão de chegada estava marcada por volta das 10h30, mas ele só foi resgatado às 14h15. 

" Passei mal no carro de resgate tive queda de pressão e náuseas e recebi atendimento da equipe de apoio e depois dos bombeiros.  Me pareceu ser gente despreparada envolvida no evento. Não foram dadas informações corretas via rádio".

 

Mesmo assim, o atleta conta que continuará com os treinos para a próxima competição, que vai acontecer em maio e será em um percurso menor. "Quero continuar com o contato direto com a natureza e ter a oportunidade de conhecer belas paisagens e novos lugares".

 

O que diz a organização

O organizador do evento, Márcio Luiz, conta que direcionou ao grupo de competidores uma nota de desculpas pelo ocorrido e lamenta pela falta de comunicação entre as duas competições.


O organizador afirma que pretende ressarcir os competidores que se sentirem lesados pelo ocorrido. O organizador também afirma que o evento tinha aprovação da prefeitura e que a organização da competição de motocross "simplesmente adentrou na trilha sem ter publicado em lugar nenhum com antecedência, pegando todos de surpresa".

Em relação à sinalização, Márcio Luiz conta que as faixas das duas competições eram semelhantes e que a sinalização da competição de trail run era da cor amarela e a de motocross da cor vermelha.

"Na largada, sempre mostramos as nossas faixas, que, além da cor, tem o nome do evento. Nessas provas é preciso ter atenção às placas".

O organizador afirma que os atletas se perderam a partir do trecho de 14 quilômetros da prova e que várias pessoas estavam trabalhando no apoio nos postos de hidratação distribuídos no trajeto, mas que na bifurcação onde as pessoas se perderam só havia as placas indicativas.

Márcio Luiz relata que quem organizou a competição de motocross é da região de Santo Antônio do Salto, mas ainda não conseguiu identificar os organizadores.

 

" A nossa maior lição no episódio ocorrido é de que além de tudo planejado e pronto iremos fortalecer nossas estratégias com segundo e terceiro planos para prevenir situações e imprevistos como esse. O esporte ao ar livre é sempre uma caixa de surpresas, fizemos com muito carinho e mesmo assim fomos surpreendidos ".

Nota de desculpas

Uma nota foi publicada no grupo dos competidores na manhã desta segunda-feira (25/4) pelo organizador da competição. Veja a nota na íntegra:
 

"Venho por esse meio  manifestar referente ao  ocorrido de  ontem no evento " Lavras Novas Trail Race" realizado junto com a comunidade de Lavras Novas , que foi dedicado na melhor intenção possível .

Infelizmente das diversas provas já realizadas , tivemos infelizmente esse imprevisto triste e desgastante para todos , também dizer que devido ao fato ocorrido não consegui chegar no local da largada porque minha preocupação era os resgates  com as pessoas que se perderam.  Saliento que  estou muito sentido com a triste  situação, creio que as pessoas que me conhece sabem e podem  referenciar -me,  no entanto, ressalto também que a nossa sinalização desde o  princípio com as fitas amarelas e placas escritas " Trail Race " foram estavam durante todo o trajeto ( E algo inusitado que foi o evento de MOTOCROSS apareceu de repente , especificamente dentro do trecho de nossa prova e adicionaram sinalização idêntica  com uma placa vermelha na madeira sentido inverso ao nosso  onde foi o único local do problema ). 
 

Um evento não autorizado e não sabido por ninguém de motociclistas aconteceu na mesma data e horário da corrida.
 

Estamos averiguando tal fato , que não é comum, bastante   suspeito e totalmente estranho a ponto de não conseguirmos ainda o responsável dele .

Estou à disposição para ajustar o que for possível aos prejudicados  de uma forma justa,  saudável , transparente sem agressão e  proceder as devidas providências da melhor forma possível e faço questão de entrar em contato o mais breve possível. 

 

Obs : Os imprevistos diversos que aconteceram como falha de staffs, falta de comprometimento de alguns , contratados , atraso de transporte  e etc , não isenta jamais nossa responsabilidade , mas com certeza me empenho para fazer dos erros as melhorias, uma vez mais  agradeço a todos de uma maneira geral e peço mil desculpas pelo imprevisto.  Conto com a atenção e  compreensão principalmente dos que foram prejudicados".

Fonte EM


Voltar

Confira também:





CNPJ: 09.621.428/0001-26
Agência Minas de Radiojornalismo
Rua Dom Viçoso, 217. Mariana - MG.
© 2017 - 2022 | Desenvolvido por Masterix Sistemas