(31) 9 8933-2498

Feam e Ministério Público dão 10 dias para Vale fazer intervenções na barragem Santana


19/01/2022 às 20h16

O Governo do Estado, através da Fundação Estadual de Meio Ambiente (Feam), e o Ministério Público de Minas Gerais estão notificando a Vale nesta quarta-feira (19) para que, no prazo de 10 dias, tome providências quanto a segurança da barragem Santana [FOTO], em Itabira – mas que tem Santa Maria de Itabira como principal município a ser atingido se ocorrer rompimento – e outras 17 estruturas em Barão de Cocais, Catas Altas, Ouro Preto, Mariana, Itabirito, Nova Lima e Belo Vale.

Está sendo exigido da Vale relatório técnico fotográfico, acompanhado de anotação de responsabilidade técnica (ART), informando quais são as medidas executadas ou o respectivo cronograma detalhado para tomar as seguintes ações: mitigar e corrigir os processos erosivos instalados no entorno das estruturas; fazer a manutenção e limpeza dos sistemas de drenagem interna, superficial e do extravasor; reduzir a contribuição pluvial da bacia de drenagem para o reservatório da barragem e garantir a manutenção de rotina da estrutura, realizando inclusive o controle de vegetação.

A notificação tem caráter preventivo e foi feita após constatado que as 18 barragens “apresentam ocorrências que devem ser tratadas para evitar prejuízos no funcionamento de suas estruturas, sendo todas elas de responsabilidade da Vale”, segundo informou o Governo do Estado. “Para essas barragens, as notificações solicitam medidas para o tratamento dos processos erosivos nos entornos e para a garantia da manutenç#santamariadeitabira

[foto arquivo]


Voltar

Confira também:





CNPJ: 09.621.428/0001-26
Agência Minas de Radiojornalismo
Rua Dom Viçoso, 217. Mariana - MG.
© 2017 - 2022 | Desenvolvido por Masterix Sistemas