(31) 9 8933-2498

Jovens recebem apoio para serem protagonistas na revitalização do rio Doce


07/10/2021 às 17h54

O projeto Formação de Lideranças Jovens da Fundação Renova entrou em uma nova etapa. Após a conclusão do processo formativo, cerca de mil participantes, entre 15 e 29 anos, estão elaborando projetos voltados à revitalização ambiental, social, econômica e cultural de suas comunidades ao longo da bacia do rio Doce. Os projetos selecionados terão apoio financeiro, totalizando mais de R$ 1 milhão em toda a bacia.

Serão destinados R$ 25 mil para projetos em cada um dos 41 municípios mineiros e capixabas participantes. O valor será destinado para compra de materiais e serviços em iniciativas para as comunidades atingidas.

O projeto Formação de Lideranças Jovens faz parte do Agenda Juventudes e é conduzido com o apoio de cinco instituições parceiras, divididas entre cinco regiões de atuação da Fundação Renova, e cada uma delas abriu um processo seletivo para receber as propostas dos jovens.

Os projetos serão avaliados por uma banca composta por consultores especialistas, um membro da Fundação Renova, um membro da câmara técnica e um membro da comunidade local. Serão selecionados até cinco projetos em cada um dos municípios, para que sejam executados no prazo de seis meses, com apoio técnico e gestão administrativo-financeira das instituições.

“Entramos em uma etapa importante do engajamento dos jovens desses municípios no processo de reparação. Esperamos contribuir para a construção de comunidades saudáveis, tendo como premissas o protagonismo juvenil, o compromisso ambiental e valores humanos e culturais”, afirma Igor Moreira, analista do Programa de Educação para Revitalização da Bacia do Rio Doce da Fundação Renova.

Agenda Juventudes

A ação integra o Agenda Juventudes, estabelecida pela Fundação Renova em 2020. A proposta é articular e reunir as diversas iniciativas direcionadas a essa faixa etária junto ao trabalho de reparação desenvolvido ao longo da bacia do rio Doce.

As instituições parceiras foram selecionadas por meio de edital em 2019, com o objetivo de mobilizar e engajar jovens para a participação em ações coletivas no processo de reparação da bacia.

As etapas do projeto incluíram mapeamento, diagnóstico, mobilização e acolhimento dos jovens. Devido à pandemia, o processo formativo aconteceu no formato on-line e os jovens contaram com uma plataforma de ensino a distância (EAD), com aulas por streaming (transmissão em tempo real) e pré-gravadas, quizzes e e-books, por exemplo.

Instituições parceiras

1. Associação Mineira das Escolas Famílias Agrícolas (AMEFA)

Projeto Passaporte da revitalização

Municípios: Resplendor, Itueta e Aimorés, em Minas Gerais e Baixo Guandu, Colatina e Marilândia, no Espírito Santo.

2. Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento (CPCD)

Projeto Júpiter

Municípios: Mariana, Barra Longa, Ponte Nova, Rio Doce e Santa Cruz do Escalvado, em Minas Gerais.

3. Fundação Geraldo Perlingeiro Abreu

Projeto Raízes e Asas do Rio Doce

Municípios: Bom Jesus do Galho, Bugre, Caratinga, Córrego Novo, Dionísio, Fernandes Tourinho, Iapu, Ipaba, Ipatinga, Marliéria, Pingo D’Água, Raul Soares, Rio Casca, Santana do Paraíso, São Domingos do Prata, São José do Goiabal, São Pedro dos Ferros, Sem-Peixe, Sobrália e Timóteo, em Minas Gerais. 

4. Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS)

Projeto Liderança Jovem Rio Doce

Municípios: Belo Oriente, Naque, Periquito, Governador Valadares, Alpercata, Tumiritinga, Galiléia e Conselheiro Pena, em Minas Gerais.

5. Lumiar Ambiental

Projeto Lótus

Municípios: Aracruz e Linhares, no Espírito Santo.

 


Voltar

Confira também:





CNPJ: 09.621.428/0001-26
Agência Minas de Radiojornalismo
Rua Dom Viçoso, 217. Mariana - MG.
© 2017 - 2021 | Desenvolvido por Masterix Sistemas