(31) 9 8933-2498

Câmara debate mobilidade urbana e crise financeira


09/02/2018 às 18h35

Na manhã desta quinta-feira, 8 de fevereiro, a Câmara realizou sua 2ª Reunião Ordinária. Durante a reunião, que antecipou o encontro que aconteceria na segunda-feira de Carnaval, os vereadores debateram e votaram três Projetos de Lei. O PL 141/2017, de autoria do vereador Edson Castro “Leitão” (PPS), da denominação oficial a, então, Travessa Wenceslau Braz (em frente ao Bar do Nicinho), passando a chamar Travessa Cabo Nedir. Além de homenagear o Cabo que morou naquela localidade o PL tem o intuito de melhorar a mobilidade urbana no local.

A pedido da vereadora Daniely Alves (PR) o PL foi discutido e votado em única discussão e votação. Os vereadores o aprovaram por unanimidade e elogiaram a proposta de Leitão, “parece algo simples, mas a iniciativa vai melhorar a mobilidade urbana e a distinção das Travessas na Wenceslau Braz. Facilitando, inclusive, o trabalho dos carteiros”, elogiou o vereador Tenente Freitas (PHS).

O Projeto de Lei 01/2018, de autoria do prefeito Duarte Junior (PPS), foi discutido e votado em primeira discussão e votação. Aprovado com voto contrário dos vereadores Daniely Alves, José Jarbas (PP), Bruno Mól (PMDB) e Marcelo Macedo (PSDB). Para o vereador Bruno Mól não compete à Câmara votar a matéria exposta pelo Projeto de Lei, “as medidas administrativas propostas são ato normativo do executivo, o que o prefeito quer fazer é dividir algo que é de sua responsabilidade conosco”, justificou o vereador Bruno Mól.

Já o vereador Juliano Duarte (PPS) manifestou seu voto favorável e afirmou que a medida prioriza a economia para a cidade em despesas contingenciais, “temos leis, como as que instauram eventos no calendário oficial do município, que obrigam o executivo a gastar com esses eventos, o Projeto em votação prevê que o prefeito tenha autonomia para reduzir esses gastos” explicou Juliano Duarte. O Projeto ainda precisa ser discutido e votado em 2ª e 3ª discussão e votação e deve voltar para a pauta na próxima reunião ordinária.

Por último, os vereadores aprovaram em primeira discussão e votação o Projeto de Lei 02/2018, de autoria dos vereadores Tenente Freitas e Fernando Sampaio (PRB). O PL cria o 1° destacamento musical 04 de Julho, Banda da Guarda Municipal de Mariana. De acordo com os vereadores autores o PL vai ao encontro do reconhecimento do trabalho da banda, promovendo cultura e cidadania na cidade. O PL deve voltar para último debate e votação na próxima reunião ordinária.


 


Voltar

Confira também: