(31) 9 8933-2498

Prefeitura de Mariana lança maior plano habitacional da região dos Inconfidentes


21/11/2019 às 18h12

A noite dessa última quarta-feira, 20, ficará marcada na história de Mariana. O município deu um grande passo para tornar realidade o sonho da casa própria do marianense. Foi apresentado para a população o Plano Habitacional, que irá beneficiar 1600 famílias com imóveis confortáveis, seguros e com preços acessíveis.

A apresentação contou com a participação do prefeito Duarte, do vice Newton Godoy, Promotor de Justiça Dr. Guilherme Meneghin, Edson Agostinho presidente da Câmara e gerentes de bancos. O prefeito e o vice que conduziram os trabalhos e destacaram o compromisso da atual administração em iniciar e concluir as obras com agilidade. “O mais importante é garantir uma condição de cidadania e dignidade para a população. É por isso que vamos iniciar as obras de infraestrutura nessa quinta-feira, dia 21, e nos comprometemos a entregar as 1600 unidades até o fim do próximo ano”, afirmou Duarte.

O promotor de justiça Dr. Meneghin em suas palavras, destacou a luta dos atingidos da barragens de Fundão e a falta de compromisso das mineradoras Vale, Samarco e BHP em cumprir as leis e os acordos. O promotor citou a famosa frase de Rui Barbosa: ”De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. "De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto". Ainda em seu discurso o Promotor disse ser um programa acertado, que vai atender a demanda do déficit habitacional de Mariana. “Em lugar nenhum da região dos Inconfidentes houve um programa que atendesse com 1600 unidades habitacionais, a gente torce muito para que dê tudo certo, estaremos a disposição na promotoria para ajudar no que for possível, mas também vamos cobrar muito, vamos fiscalizar, enfatiza Dr. Guilherme

A iniciativa alegrou a população, como, por exemplo, a marianense Jéssica Resende. “O sonho de qualquer um é ter a casa própria, se livrar do aluguel, que muitas vezes são cobrados com valores abusivos. O que nos foi apresentado aqui é, sem dúvida, a nossa esperança de realizar esse sonho, principalmente para nós, que somos de baixa renda”, afirmou.

Segundo o vice-prefeito, as casas serão construídas em sobrados com duas moradias no térreo e duas moradias no primeiro pavimento, todas com acesso independente. Cada imóvel terá cerca de 64 metros quadrados, com três quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e espaço para garagem.  “As unidades serão construídas em concreto pré-moldado, uma técnica construtiva aprovada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que possibilita maior segurança, rapidez na edificação e menor custo”, explicou Newton Godoy, destacando que as casas serão entregues prontas para ocupação.

QUEM PODERÁ PARTICIPAR – O Programa das Moradias de Interesse Social visa melhorar a vida em sociedade, na busca da redução de desigualdades, em benefício da coletividade e categorias sociais necessitadas de amparo do poder público. Desta forma, as moradias destinam-se à população com renda familiar mensal de até cinco salários mínimos e que não possuam imóvel residencial no município. Terão preferência as famílias que contenham pessoas com necessidades especiais, moradores de áreas de risco cadastrados na Defesa Civil de Mariana até julho de 2019, servidores municipais que residem de aluguel na cidade e famílias atendidas pelo benefício Eventual de Aluguel Social, cadastrados até agosto de 2019. O remanescente será oferecido à população que preencher os critérios do programa. Os critérios de seleção e participação estão definidos na Lei Municipal 191/2019 de 5 de novembro de 2019.

LOCAL - Como medida reparatória aos danos causados ao município a Fundação Renova irá repassar para a Prefeitura um terreno situado à margem da Rodovia Mariana-Samarco, entre os bairros Jardim de Santana e Morro Santana, em frente ao Almoxarifado da Prefeitura e a Vila Del Rey. O terreno é de aproximadamente 33.4 hectares e terá várias entradas, além de acessos a outros bairros da cidade. O loteamento terá ainda áreas de instalação comercial, que serão leiloadas às pessoas interessadas que queiram instalar pontos comerciais no local.

Ainda têm dúvidas sobre o programa de habitação? Acesse o site da Prefeitura de Mariana (mariana.mg.gov.br) e confira mais informações.

Fotos Eliene Santos e Robereto Verona

 

 


Voltar

Confira também:





CNPJ: 09.621.428/0001-26
Agência Minas de Radiojornalismo
Rua Dom Viçoso, 217. Mariana - MG.