(31) 9 8933-2498

Seu filho é obeso? Você conhece as causas de obesidade infantil?


26/03/2022 às 10h08

Seu filho é obeso? Você conhece as causas de obesidade infantil? Neste episódio a endocrinologista infantil Marianna Rodrigues dá mais detalhes sobre a doença.

Uma pergunta muito comum dos pais é: a obesidade sempre ocorre pelo excesso de calorias? É genético? Tem relação com algum hormônio? Com exceção de algumas situações sindrômicas e de eventuais distúrbios hormonais específicos, ambos raros, a obesidade decorre da interação de diversos fatores ambientais e genéticos que causam o tal balanço energético sempre positivo, ou seja, o que a pessoa ganha de peso é maior do que ela gasta e o resultado é o aumento do peso.

A genética determina uma série de fatores que estão relacionadas a obesidade como:

  1. A variação da distribuição regional da gordura corpórea que define, por exemplo, o porquê algumas pessoas acumulam mais gordura na barriga e outras mais no glúteo. 
  2. Taxa metabólica basal, que é o quanto de energia você gasta por dia em média. Quem tem metabolismo basal alto, ou seja, gasta bastante energia ao longo do dia tem, mais dificuldade de engordar mesmo comendo bastante. Outros com metabolismo basal baixo podem ter excesso de peso mesmo comendo pouco.
  3. Resposta a atividade física.
  4. Resposta térmica dos alimentos que é a energia que cada alimento e bebida gasta para ser digerido, essa quantidade de energia pode variar para cada um. 

Esses fatores hereditários podem ser responsáveis por 30 a 50% das variações de como a gordura se deposita ou se forma. 

Dessa forma podemos dizer que a depender da genética que você traz de seus familiares você tem maior ou menor chance de ter obesidade.

Quando você deve suspeitar que a obesidade do seu filho tem como causa algum problema hormonal?

Causas endócrinas de obesidade são aquelas decorrentes de uma deficiência ou excesso hormonal como hipotireoidismo grave, excesso de cortisol também chamado de hipercortisolismo, deficiência de hormônio de crescimento e lesões no hipotálamo. É importante que você saiba que elas são responsáveis por menos 1% das causas de obesidade nas crianças e adolescentes.

Uma outra informação importante e que normalmente sugere a presença de algum problema hormonal é ter baixa estatura e, no caso dos adolescentes, o hipogonadismo, ou seja, atraso no aparecimento dos caracteres sexuais secundários. Nos meninos é quando não há aumento do testículo e do pênis até os 14 anos e, nas meninas, é quando não há aparecimento de mamas até os 14 anos. Dentre esses fatores temos também a prematuridade, o baixo peso ao nascer e a restrição de crescimento intrauterino. Além desses fatores existem uma série de fatores contribuintes como:

  • Desmame precoce
  • Tempo de tela
  • Sedentarismo 
  • Ingestão de alimentos industrializado

 

Fonte: Brasil 61


Voltar

Confira também:





CNPJ: 09.621.428/0001-26
Agência Minas de Radiojornalismo
Rua Dom Viçoso, 217. Mariana - MG.
© 2017 - 2022 | Desenvolvido por Masterix Sistemas