(31) 9 8933-2498

Oficina de criação de fantoches com materiais recicláveis educa crianças de Mariana


Projeto Impulso Cultural, desenvolvido pelo marionetista Catin Nardi, ofereceu uma série de atividades recreativas durante a pandemia

11/11/2021 às 18h19

Em tempos de isolamento social, o marionetista Catin Nardi sentiu a necessidade de mobilizar as crianças de Mariana (MG). Para isso, decidiu desenvolver uma ação que levasse atividades educativas e recreativas gratuitas em formato digital. O projeto Impulso Cultural saiu do papel e foi selecionado pelo Edital Doce, iniciativa criada pela Fundação Renova.

O projeto, que também contou com o apoio da prefeitura da cidade mineira, realizou oficina de marionetes e fantoches feitos com materiais recicláveis, espetáculo on-line de bonecos e uma exposição virtual das obras do artista e dos bonecos criados pelos participantes.

A oficina foi oferecida, inicialmente, para 200 crianças, que receberam em casa os primeiros kits com material, mas a procura foi grande. Assim, acabaram participando mais pessoas espontaneamente. Já na oficina de manipulação, minha previsão era de 70 participantes e contamos com a presença de 160”, diz Catin Nardi. 

Para Daniela Terra, analista de Educação, Cultura e Turismo da Fundação Renova, o projeto Impulso Cultural foi muito além de propiciar um momento lúdico às famílias em plena pandemia. “Teve como objetivo despertar nas crianças o interesse pelos bonecos e conscientizá-las sobre as possibilidades dos materiais recicláveis e a importância do consumo consciente”, afirma.

O projeto foi encerrado com o pocket show “Kids”, com os bonecos confeccionados pelos alunos das oficinas. As apresentações aconteceram pelo canal do Teatro Navegante de Catin Nardi, no YouTube. Além disso, houve uma exposição virtual dos bonecos criados durante a oficina. As fotos podem ser conferidas no Flickr da companhia.

 

Edital Doce

Iniciativa criada pela Fundação Renova para fomentar e apoiar ações de cultura, turismo, esporte e lazer nas regiões atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão, em Minas Gerais e no Espírito Santo, o Edital Doce teve, somente neste ano, cerca de 150 projetos que iniciaram suas ações em diversas comunidades. Até o momento, isso representou 500 postos de trabalhos e beneficiou aproximadamente 63 mil pessoas. No total, serão destinados R$ 13,5 milhões para os 228 projetos selecionados pelo Edital Doce nos dois estados. 

Segundo o gerente de Educação, Cultura e Turismo da Fundação Renova, Felipe Moura de Andrade, a destinação de recursos feita pela Fundação Renova acontece por meio da seleção e investimentos nos projetos. “Essa iniciativa movimenta a economia local porque permite que esses profissionais também sejam remunerados. Além disso, são feitas compras e contratações locais para atender esses projetos”, explica.

 


Voltar

Confira também:





CNPJ: 09.621.428/0001-26
Agência Minas de Radiojornalismo
Rua Dom Viçoso, 217. Mariana - MG.
© 2017 - 2021 | Desenvolvido por Masterix Sistemas