(31) 9 8933-2498

Fundação Renova começa a pagar indenização a trabalhadores informais


25/09/2020 às 12h56

header

A indenização das pessoas atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão é tarefa central da reparação. Em agosto deste ano, a Fundação Renova iniciou uma nova etapa desse processo, com a implementação de um sistema indenizatório, que possibilita o pagamento a trabalhadores informais e casos de difícil comprovação de danos.

 

A princípio, o novo sistema é implementado para os atingidos residentes em Baixo Guandu (ES) e Naque (MG). Trinta pessoas já receberam os seus pagamentos.

 

O novo sistema foi instituído a partir da decisão da 12ª Vara Federal. Ao todo, a Fundação Renova pagou R$ 2,57 bilhões em indenizações e auxílio financeiro a 321 mil pessoas até julho de 2020. Leia mais

“Estamos inaugurando um capítulo novo no processo de indenização. É um marco, e já temos um primeiro caso de homologação e pagamento. Estamos muito animados com a perspectiva de permitir que esse capítulo da indenização vá se encerrando, de trazer definitividade para as pessoas e que elas possam seguir com suas vidas. É para isso que a Fundação Renova existe.”



Andre de Freitas
Diretor-presidente
da Fundação Renova 

A gerente de Políticas e Monitoramento da Reparação da Fundação Renova, Mariana Azevedo da Silva, explica como foi criado o novo sistema de pagamento de indenização, quais os benefícios para a população e a importância do novo sistema para o processo indenizatório da Renova. Clique e ouça. Clique e ouça

 
Fundação Renova Twitter Youtube Facebook Linkedin Instagram

Voltar

Confira também:





CNPJ: 09.621.428/0001-26
Agência Minas de Radiojornalismo
Rua Dom Viçoso, 217. Mariana - MG.