(31) 9 8933-2498

Medidas mais duras: fechamento dos bancos e multa para quem estiver sem máscara em Mariana

Aglomeração é vista próximo à agência do Itaú em Mariana

Prefeito anuncia ações depois de disparada dos casos de Covid-19 no município. Decreto agora vale até 31/05.

14/05/2020 às 10h16

Por Marcelo Sena

 

O prefeito de Mariana, Duarte Jr., informou ontem (13) que serão tomadas medidas mais severas de segurança para diminuir as contaminações pela Covid-19. A partir de amanhã (15), quem estiver andando na rua sem máscara pode ser multado em R$50,00. Além disso, os alvarás das instituições bancárias estarão suspensos e só serão permitidos os serviços sociais dos bancos públicos. As mudanças no decreto também obrigam grandes empresas, como Vale e Samarco, a testarem todos os colaboradores com teste rápido.

De acordo com Duarte, são perceptíveis as aglomerações causadas pelas agências bancárias no centro da cidade. Por isso, a prefeitura decidiu suspender os alvarás de funcionamento de todas as instituições bancárias de Mariana, a partir de amanhã. Estarão permitidos apenas os serviços sociais dos bancos públicos (Banco do Brasil e Caixa) e lotéricas, como pagamento do auxílio emergencial, PIS/PASEP e FGTS. 

“Chega um momento em que a gente tem que tomar uma atitude firme para que a gente traga segurança à saúde das pessoas da cidade de Mariana. Nós não podemos permitir que continue essa aglomeração inacreditável que tem acontecido nas instituições bancárias”, afirmou o prefeito de Mariana.

Além disso, a utilização de máscaras agora é obrigatória para todas as pessoas ao saírem de casa. Quem descumprir a ordem, poderá ser multado em R$50,00. “A pessoa não pode colocar em risco o outro que está se resguardando. Então deixa de ser uma recomendação e passa a ser uma obrigação. Saiu na rua ela tem a obrigação de estar usando máscara”, defendeu o prefeito.

As novas medidas também preveem mudanças no trabalho das mineradoras. Grandes empresas como Vale e Samarco terão que testar todos os colaboradores que prestarem serviço nas minas e canteiros de obras. “Desde o início, essas empresas têm um plano de trabalho, que define coisas como ônibus só com 50% da capacidade, a equipe de saúde foi aos locais de trabalho fiscalizando… E nós estamos determinando que todos os profissionais deverão fazer o teste rápido.”

Já sobre a retomada dos comércios em Mariana, Duarte disse que o envio de formulários continua, mas que o decreto vigora até 31 de maio. Portanto, os comerciantes até podem enviar os seus planos de trabalho, mas que todos serão avaliados de forma minuciosa pelo Comitê Gestor.

Na live, o secretário de Saúde, Danilo Brito, informou que Mariana tem 34 casos confirmados de Covid-19. Entre eles, 15 pessoas já se recuperaram da doença e três pessoas morreram.


Voltar

Confira também:





CNPJ: 09.621.428/0001-26
Agência Minas de Radiojornalismo
Rua Dom Viçoso, 217. Mariana - MG.