(31) 9 8933-2498

Rádio UFOP Mariana entra no ar nesta sexta (1)


A primeira transmissão marca também a criação do Sistema UFOP de Rádio

30/04/2020 às 16h21

A nova emissora nasce em parceria com a Rádio UFOP Educativa de Ouro Preto e terá sede no Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (Icsa), em Mariana. A primeira transmissão acontece nesta sexta (1), a partir de 17h, através da faixa 103,5, em frequência modulada (FM).

 

A reitora Cláudia Marliére ressalta a importância da autorização da criação da nova emissora em Mariana, que vem complementar a formação dos estudantes de Jornalismo e integrar os demais cursos localizados na cidade. "A rádio proporcionará a liberdade de trabalhar a educação da melhor forma possível e com qualidade. A informação é a alma da libertação, do conhecimento, da prevenção, e isso nos fortalece enquanto instituição", afirma. Inicialmente, a rádio poderá ser ouvida pelo dial em Mariana e em alguns distritos no entorno da cidade. Num futuro próximo, o ouvinte também poderá acompanhar a programação pela internet.

 

A emissora está ligada à Coordenadoria de Comunicação Institucional (CCI) da UFOP e tem como objetivo fortalecer a integração entre a Universidade e a comunidade no seu entorno. A UFOP está em Mariana desde 1979, quando foi criado o Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS), e este é um marco para a relação entre a Instituição e o município.

"A Rádio UFOP Mariana se configura como uma construção coletiva. A nossa missão de produzir uma comunicação pública e de caráter educativo vai se comprovando, e a missão de fortalecer o diálogo com as nossas comunidades se consolida com a chegada da Rádio em Mariana", ressalta o coordenador da CCI, Chico Daher.

SISTEMA UFOP DE RÁDIO - Esta primeira transmissão marca também a criação do Sistema UFOP de Rádio, que agrega duas emissoras diferentes: a Rádio UFOP Ouro Preto, com a  frequência 106,3, e a Rádio UFOP Mariana, com a frequência 103,5.


 

Neste primeiro momento, as duas rádios terão a mesma programação, mas a ideia é que, gradualmente, cada rádio tenha mais conteúdo exclusivo e atenda melhor às especificidades de cada cidade. Segundo o controlador de operações da Roquette Pinto, Danilo Nonato, "para o futuro, a ideia é manter a unificação da programação em alguns horários e, em outros, atender a demanda de cada cidade, Ouro Preto e Mariana".  

 

Nos próximos anos, outras emissoras de rádio que possam vir a ser criadas pela UFOP serão agregadas ao Sistema. Chico Daher conta que a ideia é que o sistema continue crescendo, levando a Universidade para cada vez mais cidades e pessoas, "ouvindo as vozes de nossas comunidades e também levando conhecimento que se gera. Essa troca de saberes renova o espírito do rádio, transformando-o num poderoso instrumento de inovação social". 

 

INTEGRAÇÃO - Com a criação da nova emissora, a comunidade acadêmica do Icsa e do ICHS tem a oportunidade de criar formas de divulgar o conhecimento gerado dentro de seus muros.

O diretor do Icsa, José Benedito Donadon Leal, comenta que os benefícios podem ir além da divulgação científica. "Uma rádio FM educadora é bem vinda porque é uma emissora que vai promover a integração não só entre os institutos da Universidade, mas com as escolas estaduais, municipais e privadas". Dessa forma, o diretor espera que a rádio integre ainda mais os institutos de Mariana e os cidadãos marianenses.

A cidade também tem expectativas com a chegada da emissora. O prefeito de Mariana, Duarte Júnior, destaca o papel da Rádio como parceira do município. "Entendemos que, além da contribuição para cada aluno que passar pela rádio, a emissora vai trazer informações de qualidade e matérias que sejam importantes para toda nossa população. Vejo este momento como um grande ganho para a população".

HISTÓRICO - O processo de implantação da Rádio UFOP Mariana teve início em 2012, quando a Instituição saiu vencedora do 5° Aviso de Habilitação do então Ministério das Comunicações, publicado em dezembro de 2011, seguido da aprovação do projeto técnico. O convênio com o Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) foi assinado em maio de 2017 e somente em abril de 2020 a emissora foi autorizada a transmitir sua programação em caráter experimental.

Fonte: UFOP 


Voltar

Confira também:





CNPJ: 09.621.428/0001-26
Agência Minas de Radiojornalismo
Rua Dom Viçoso, 217. Mariana - MG.