(31) 9 8933-2498

Fundação Renova restaura patrimônios históricos de Barra Longa


Hotel Xavier, com mais de 200 anos de história, é um 12 dos imóveis tombados do munícipio que passarão por obras

04/07/2019 às 11h00

Doze imóveis históricos de Barra Longa (MG), um conjunto de edificações tombadas e inventariadas pelo município e que foram danificados pelo rompimento da barragem de Fundão, passarão por obras de recuperação arquitetônica. As intervenções de recuperação serão executadas pela Fundação Renova, em parceria com a empresa Projeto Hexágono Consultoria e Engenharia e o Conselho Municipal do Patrimônio Cultural (Compac) de Barra Longa.

 

Com mais de 200 anos de história, o Hotel Xavier é um dos imóveis que serão recuperados. O edifício, que teve a parte inferior e a pintura externa afetadas, está, desde 2016, de portas fechadas devido ao comprometimento da sua estrutura.

 

Com o projeto de restauração aprovado, o local já começou a ser reparado. A montagem do canteiro de obras e a mobilização de mão de obra estão em andamento, assim como limpeza, demolição e avaliação da cobertura, paredes e esteios do imóvel. A previsão de conclusão da restauração do hotel é de 18 meses.

Em setembro de 2018, foram feitos os primeiros pré-projetos de restauração e conservação dos imóveis definidos pelo Compac de Barra Longa, segundo estudo de danos consequentes do rompimento. Desses bens, alguns projetos estão em fase de conclusão e outros em andamento.

 

De acordo com a presidente do Compac do município, Júnia Xavier, qualquer intervenção em bens tombados e inventariados é acompanhada pelo órgão. “Trata-se da preservação da memória. Barra Longa é uma cidade de mais de 300 anos e suas edificações contam essa história, cada uma com suas características arquitetônicas. É importante que a história seja preservada”, diz Júnia Xavier.

 

O restauro dos imóveis históricos em Barra Longa faz parte do Programa Memória Histórica, Cultural e Artística, da Fundação Renova. Essa iniciativa visa a recuperação de bens culturais de natureza material e a preservação do patrimônio cultural das comunidades de Bento Rodrigues, Paracatu de Baixo e Gesteira, distritos atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão.

 

Para a arquiteta restauradora Danielle Lima, especialista do Programa de Memória da Fundação Renova, as obras de restauração transcendem a reparação aos seus proprietários. “Ao resgatarmos as características históricas e artísticas do casario do município, deixamos um legado a toda comunidade”, afirma Danielle Lima.


Voltar

Confira também:





CNPJ: 09.621.428/0001-26
Agência Minas de Radiojornalismo
Rua Dom Viçoso, 217. Mariana - MG.