(31) 9 8933-2498

Prefeito de Mariana, Duarte Junior, denuncia descaso da Fundação Renova com Mariana


26/04/2019 às 08h38

Arrasada após a tragédia com a Barragem de Fundão, a cidade de Mariana ainda luta para receber quantias para reparar os danos do tsunami de lama. Nesta quinta-feira (25), mais um passo foi dado. Um acordo entre a prefeitura, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e a Fundação Renova vai garantir a transferência de R$ 11,4 milhões anualmente para o município aplicar nas áreas da saúde e da assistência social.

Em entrevista ao Estado de Minas, o prefeito de Mariana, Duarte Júnior (PPS), lamentou que a Fundação Renova só garanta os direitos da população do município depois de batalhas judiciais. "É um sentimento de repúdio e revolta. É um direito da população que não foi reconhecido anteriormente. Infelizmente, mais uma vez, se não tivesse a interferência da Justiça, a população não teria seu direito respeitado", afirmou. 

Segundo o chefe do Executivo, o município gasta cerca de R$ 70 milhões anualmente com a saúde. Ele também ressaltou que os custos com assistência social dispararam depois da tragédia, principalmente pelo crescimento do número de desempregados. 

"Não falta recurso financeiro (para a Fundação Renova). É importante as pessoas saberem disso. As mantenedoras, tanto a Vale quanto a BHP, tê mandado os recursos. Prova disso é que já foram gastos R$ 5 bilhões. Mas, infelizmente, qualquer ação que é justa para o município de Mariana só sai através da Justiça", lamentou.  

Fonte :Portal Uai

foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A.Press


Voltar

Confira também:





CNPJ: 09.621.428/0001-26
Agência Minas de Radiojornalismo
Rua Dom Viçoso, 217. Mariana - MG.