(31) 9 8933-2498

Ministro de Energia defende punição para Samarco, mas não fechamento

Ministro de Energia defende punição para Samarco, mas não fechamento

Ministro de Energia defende punição para Samarco, mas não fechamento

21/08/2017 às 13h55

Ministro de Energia defende punição para Samarco, mas não fechamento

Fernando Coelho Filho disse que rompimento de barragem da Samarco em Mariana (MG) foi um 'acidente'.

O rompimento da barragem da Samarco em Mariana (MG), em 2015, foi "um acidente", e a punição da companhia não deve prever seu fechamento, afirmou nesta quinta-feira (17) o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, que também defendeu reformas em andamento em vários setores de sua pasta.

"O que ocorreu em Mariana foi um acidente. Podem ter ocorrido erros, mas foi um acidente. Precisamos punir a Samarco, mas não fechá-la", destacou o ministro, durante evento em São Paulo.

Ele acrescentou que desde o acidente foram tomadas medidas para se evitar novos problemas, como a criação da Agência Nacional de Mineração no âmbito de um novo marco regulatório, além de inspeções recorrentes em barragens.

Por Reuters

Foto:Reuters


Voltar

Confira também: