(31) 9 8933-2498

Ocupação irregular no prédio do complexo do bairro Cabanas


25/06/2018 às 16h47

A Prefeitura de Mariana, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania e Defesa Social, desocupou um dos prédios que faz parte do complexo de apartamentos populares no bairro Cabanas. Os cadeados e correntes foram quebrados e substituídos por outros na manhã de sábado e o grupo, denominado Ocupação Marielle Franco, permaneceu no local até o final da tarde de ontem, após intervenção da prefeitura.

Presente no local da ocupação, os secretários de Desenvolvimento Social e Cidadania e Defesa Social, Juliano Barbosa e Braz Azevedo, procuraram o diálogo com o grupo. De acordo com o grupo, a ocupação tem finalidade de reivindicar moradia e segurança aos moradores marianenses, mas quando as pautas das reuniões citadas foram solicitadas, todas elas foram negadas.

“Estamos aqui para coibir, sim, esse tipo de prática. O que fizeram foi ilegal e nosso governo não vai permitir que situações assim aconteçam. Existem várias maneiras de buscar o desejado e em nenhum momento fomos procurados pelo grupo. Tanto a prefeitura, quando a secretaria, estão de portas abertas para receber todos que desejam uma cidade e uma melhor política social para os cidadãos”, afirma Juliano Barbosa pontuando ainda que o Conselho Tutelar foi acionado para ir ao local devido a presença de crianças.

Uma lista com 30 nomes em uma folha de caderno foi entregue aos secretários, afirmando ser a aprovação do regimento interno do grupo, e os nomes a serem beneficiados com o repasse dos apartamentos. Todas as pessoas listadas foram avaliadas no cadastro habitacional do município e apenas duas já fizeram contato com a secretaria solicitando algum tipo de auxílio. “Estamos abertos para receber qualquer pessoa e realizar qualquer avaliação que seja necessária para trabalhar da melhor maneira possível. Dessas pessoas, são apenas duas famílias de Mariana. Todo o restante é de fora”, afirma o secretário de Desenvolvimento Social e Cidadania.

Um ponto controverso durante o diálogo, segundo os secretários, é que o grupo afirmou que as reivindicações eram somente para aquele prédio, que a intenção era permanecer no local, mas que não se responsabilizaria pelas invasões dos demais. Fato este que causou estranheza aos agentes públicos, bem como aos moradores do bairro Cabanas que estavam presentes.

O grupo foi retirado do local no final da tarde de ontem, 24, sem interferência da Guarda Municipal e Polícia Militar, que esteve presente durante toda a ação. A segurança dos prédios foi reforçada e a Prefeitura de Mariana se colou aberta ao diálogo para buscar soluções à todas as famílias que hoje se encontram em situação de vulnerabilidade social.

O Executivo ainda esclarece que todas as medidas estão sendo tomadas para que os prédios sejam regularizados. “Nos preocupamos com a situação de cada cidadão marianense. O repasse desses apartamentos tem que ser feitos de forma correta e segura e toda nossa equipe vem trabalhando para que isso se torne realidade. Lamentamos muito como a forma foi feita e, agora, temos que levar a solução e é isso que estamos buscando”, afirma o prefeito Duarte Júnior.


Voltar

Confira também:



CNPJ: 09.621.428/0001-26
Agência Minas de Radiojornalismo
Rua Dom Viçoso, 217. Mariana - MG.