(31) 9 8933-2498

CRIA se fortalece e intensifica atividades em prol dos jovens marianenses


O Centro de Referência da Infância e Adolescência (CRIA) segue a todo vapor em Mariana

14/11/2017 às 15h36

Buscando realizar os serviços de convivência e fortalecimento de vínculo social, o Centro de Referência da Infância e Adolescência (CRIA) segue a todo vapor em Mariana. Atendendo mais de 400 crianças em suas oficinas, o espaço oferece mais de 15 oficinas e três cursos profissionalizantes: Ballet, Capoeira, Artesanato, Informática, Muay thai, Dança Axé, Música , Taekwon-do, Natação, Futsal, Percussão, Dança Hip Hop, Dança Funk e natação abrangem jovens de 8 a 17 anos, excetuando aulas de balé e natação, que as crianças podes iniciar aos 6 e 8 anos, respectivamente. Os cursos Padaria Escola, Salão Escola e Corte e Costura atendem jovens acima dos 16 anos.

“É sempre surpreendente ver que nosso trabalho sensibiliza as pessoas em nossa cidade. Depois do incêndio em uma de nossas salas, recebemos doações de várias pessoas e isso foi muito importante para possibilitar a retomada das aulas de música. Agradecemos a todos que contribuíram e reafirmamos nosso compromisso com todas as crianças e jovens de nossa cidade. O CRIA está de portas abertas”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Social e Cidadania, Juliano Barbosa.

Para a jovem Laís Augusto, atual campeã mineira de Muay Thai, o CRIA proporciona o conhecimento das habilidades pessoais. “Praticar artes marciais não é violência, e nós, meninas, não somos somente feitas pra balé. Quem luta, não briga e vou permanecer firme trabalhando meu desempenho para aprimorar cada vez mais. O CRIA Mariana dá um bom suporte para nós jovens”, disse.

NOVOS PROJETOS - Todos os projetos, de acordo com o coordenador do CRIA, Marcelo Alegria, são voltadas para o benefício direto dos participantes. “Nós, da secretaria, queremos dar todo o suporte que eles precisam. Boa parte de nossas aptidões e conhecimentos aprendemos se tivermos contato nessa etapa de nossa vida. Todos eles estão se formando e buscando aquilo que querem ser e ofereceremos sempre o nosso máximo”, comentou Marcelo, lembrando que um dos projetos é a criação de oficinas a partir das ideias dos próprios jovens.

BIBLIOTECA SOLIDÁRIA - Desde o mês de outubro o CRIA vem realizando campanhas e, através de doação, construindo o seu acervo. Os interessados em doar livros em bom estado já podem participar. O Centro receberá livros infantis, infanto-juvenis e adultos, gibis, jogos educativos e também materiais como caixas plásticas. O CRIA também buscará, futuramente, potenciais parceiros para incrementar a biblioteca, mas há critérios para a doação. “Os livros seguem os demais moldes de doação. Assim como não se doam roupas sujas e comidas impróprias pra consumo, não se doa livros que não estejam em bom estado de conservação”, explicou Alegria. Para doar, basta comparecer na sede do Cria, localizado na Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, Rua Dois de Outubro, 210, bairro Vila Maquiné.

 

Fotos: Samuel Consentino | Prefeitura de Mariana


Voltar

Confira também: