(31) 9 8933-2498

Reconhecimento e gratidão marcam solenidade em homenagem ao Presidente Pedro Aleixo


29/10/2019 às 09h30

Em sua terceira edição, a Medalha do Mérito Jurídico Presidente Pedro Aleixo foi palco de reconhecimento a diversos nomes da Justiça brasileira, no último sábado, 26, no Teatro Mariana.  A condecoração, instituída pela lei 3.130, se inspira nos valores éticos, morais e cívicos do presidente Pedro Aleixo para prestar homenagem a personalidades que tenham se destacado na área jurídica.

Em seu discurso, o anfitrião e prefeito de Mariana, Duarte Eustáquio Gonçalves Júnior, destacou, mais uma vez, a importância da cidade na história do país. “Muitas são as primazias de Mariana: primeira Vila; primeira Cidade; primeira Capital; primeira Diocese. O lugar que pela primeira vez se exerceu o direito do voto nas montanhas mineiras. O primeiro Museu da Música no País! A sede do Governo das Capitanias de São Paulo e Minas e a primeira no ICMS Cultural há 12 anos consecutivos”, afirmou pontuando que a Terra de Pedro Aleixo é exigente e fiel à sua história.

O Chefe do Executivo ainda reforçou aos homenageados a responsabilidade da condecoração com a Medalha Pedro Aleixo. “Mariana insere o nome de Vossas Excelências em sua história. A outorga desta Medalha traz graves responsabilidades não só a quem a concede, mas igualmente a quem a recebe. Vocês são filhos de Mariana. Comendadores desta Terra. Na alegria, gritem por Mariana! Na adversidade e na dor, como a vivida há quatro anos, soltem suas vozes e saiam em defesa desta terra que não é mais somente a terra de Pedro Aleixo e de outros ilustres filhos, mas que agora é também a terra de todos os senhores e da senhora, comendadores e comendadora”, disse Duarte.

Neto do patrono da medalha, o desembargador Pedro Aleixo Neto, esteve presente na solenidade e deixou sua mensagem aos presentes e também aos familiares. “Estou duplamente honrado por estar nessa casa. Pedro Aleixo sempre se sentiu muito apegado à cidade onde ele nasceu e sempre fez questão de difundir e honrar essa naturalidade. Sou muito grato pela homenagem e carinho pelo meu avô, por mim e por toda minha família”, afirmou o desembargador, que na ocasião também representou o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Nelson Missias de Morais.

O discurso dos homenageados foi feito através da voz do Ministro Eros Roberto Grau, morador da cidade de Tiradentes e autodenominado mineiro por opção. “Agradeço inicialmente pelo privilégio por esta honra concedida com a outorga da Medalha Pedro Aleixo, cuja memória me comove de verdade. Nossa história teria sido outra, melhor, se a Constituição do Brasil tivesse sido observada em 1969 e ele como vice-presidente, tivesse assumido a presidência da República”, disse, fechando a sua fala citando um poema de Álvaro Moreyra: “as palavras não dizem nada, melhor mesmo é calar”. “Calo-me, pois, desdobrando no coração, em nossos corações, maravilhados pela honra que nos é concedida pela Medalha Pedro Aleixo, desdobrando os nossos corações um imenso abraço, afeto, gratidão e fraternidade. Até sempre meus amigos e, para sempre”, finalizou. A solenidade ainda agraciou, em homenagem póstuma, o Desembargador José Arthur de Carvalho Pereira.

SOBRE - Homem público, jurista de renome, Pedro Aleixo nasceu em Mariana, no distrito de Bandeirantes. Foi advogado, professor, jurista e jornalista. Eleito para o cargo de conselheiro municipal de Belo Horizonte, denominação na época para vereador, na política, elegeu-se deputado estadual e posteriormente, deputado federal. Em 1966, exerceu o cargo de ministro da Educação e Cultura no governo Castelo Branco. Eleito vice-presidente do República, foi impedido de assumir a presidência sendo, contudo, por justiça, recentemente reconhecido como presidente da Brasil.

Confira lista dos agraciados:
- Eros Roberto Grau (Ex-ministro do Supremo Tribunal Federal)
- Reynaldo Soares da Fonseca (Ministro do Superior Tribunal de Justiça)
- Marco Antônio de Farias (Ministro do Superior Tribunal Militar)
- Carlos Alberto Reis de Paula (Ex-ministro do Tribunal Superior do Trabalho)
- Kássio Nunes Marques (Desembargador do TRF1 e Vice-presidente)
- Pedro Bernardes de Oliveira (Desembargador do TJMG)
- Antônio Carlos Cruvinel (Desembargador do TJMG)
- Marcos Lincoln dos Santos (Desembargador do TJMG)
- Carlos Augusto de Barros Levenhagen (Desembargador do TJMG)
- Belizário Antônio de Lacerda (Desembargador do TJMG)
- Octavio Augusto de Nigris Boccalini (Desembargador do TJMG)
- Ana Paula Nannetti Caixeta (Desembargador do TJMG)
- Tiago Pinto (Desembargador do TJMG)
- Cândido Artur Medeiros Ribeiro Filho (Desembargador do TRF1)

Homenagem Póstuma: Desembargador José Arthur de Carvalho Pereira

FOTO: PEDRO FERREIRA l PREFEITURA DE MARIANA


Voltar

Confira também:





CNPJ: 09.621.428/0001-26
Agência Minas de Radiojornalismo
Rua Dom Viçoso, 217. Mariana - MG.